Vida Saudável

8 hábitos que me ajudaram a perder 20 quilos e Continuar Mantendo

8 hábitos que me ajudaram a perder 20 quilos e Continuar Mantendo

O peso é uma questão delicada para a maioria das pessoas.

Apenas uma pequena porcentagem de mulheres no mundo ocidental afirma ter o peso ideal – e a maioria das que não tem, culpam a falta de força de vontade e o custo de alimentos saudáveis.

Da mesma forma, a maioria dos homens ficam frustrados com o que vê na balança; ou eles gostariam que seu peso fosse menor ou desejam aumentar a massa muscular.

Embora eu promova uma dieta saudável vegana, vegetariana e crua, há algumas lições práticas que aprendi ao longo dos meus anos de estudo de nutrição e medicina natural que acredito que terão um grande impacto na sua saúde e no seu peso.

Depois de entender e incorporar esses hábitos em sua vida diária, eles ajudarão a equilibrar seu peso ao longo do tempo, bem como sua saúde mental.

Observe que esses hábitos não são numerados de acordo com a importância. Todos eles são igualmente válidos.

1- Evite comer quando estiver emocionalmente chateado

Geralmente recorremos à comida para conforto, alívio do estresse ou como recompensa; mas, infelizmente, a alimentação emocional não resolve seus problemas emocionais; na verdade, geralmente os agrava.

Depois, não apenas a questão emocional original permanece, mas você também se sente culpado por comer escolhas alimentares terrivelmente ruins.

Algumas pessoas comem mais carboidratos complexos ricos em amidos e menos comem carboidratos simples sem amidos, como frutas e verduras, e isso é um erro.

As rápidas consequências de comer muitos carboidratos complexos como massas, pão, arroz, aumentam a acidez do corpo e a instabilidade emocional, como também, desejos intensos e sensação letárgica, entre outras doenças. Esses sintomas contribuem muito para você ganhar peso ao longo do tempo.

Eu descobri que a maneira mais eficaz de lidar com a alimentação emocional é jejuar!
Com o jejum, nossas mentes se tornam mais claras e a capacidade de pensar e resolver problemas complexos é aprimorada, nos tornamos mais disciplinados.

O jejum irá capacitá-lo e ajudá-lo a perder peso enquanto restaura sua saúde geral.

2- Coma devagar – mantenha sua mente conectada com seu alimento

Os cientistas sabem há algum tempo que o estômago cheio é apenas parte do que faz com que alguém se sinta satisfeito após uma refeição; o cérebro também deve receber uma série de sinais de hormônios digestivos secretados pelo trato gastrointestinal.

Mastigando devagar, você permite tempo suficiente para experimentar prazer e saciedade, além de dar ao cérebro tempo suficiente para processar os sinais de comunicação provenientes dos hormônios.

Está provado que as pessoas consomem menos quantidades, quando comem em um ritmo mais lento. Por outro lado, os alimentos que são consumidos rapidamente tendem a ser consumidos em porções maiores e têm os níveis de saciedade esperados mais baixos.

Na maioria dos casos, a velocidade com que comemos também reflete nosso nível de ansiedade e as emoções que experimentamos a qualquer momento. Precisamos diminuir a velocidade de ingesta, mastigar mais os alimentos e ficar menos distraídos enquanto comemos.

Ao praticar a alimentação consciente, nos reconectamos mais profundamente com a experiência de comer, desfrutamos mais da nossa comida e assumimos mais controle do nosso bem-estar.

3- Jejum intermitente para equilíbrio emocional

Jejum intermitente é um termo para um padrão alimentar que alterna entre períodos de jejum e alimentação. Os métodos comuns de jejum intermitente envolvem jejuns diários de 10 a 16 horas, ou jejum por 24 horas, uma ou duas vezes por semana.

Na grande mídia, o Jejum Intermitente é apresentado como a última tendência supostamente usada para controlar a obesidade e melhorar sua saúde.

Eu sugiro a prática do jejum intermitente para alcançar o equilíbrio emocional e domínio próprio, eu pratico seguidamente jejum intermitente 16/8, onde você fica 16 horas em jejum e tem uma janela de 8 horas para se alimentar.

Esta experiência alimentar de Jejum Intermitente, aumenta a disciplina e domínio próprio
.

4- Não beba água nas refeições.

A água neutralizará o pH do ácido estomacal, o que dificulta muito a decomposição dos alimentos.

Se o ácido do estômago for diluído, o corpo não digerirá efetivamente os alimentos.

É uma boa prática aguardar pelo menos 2 horas para beber depois de comer, mas se você não puder esperar, tome pequenos goles para minimizar os efeitos adversos.

5- Acorde cedo

Eu sou como os pássaros, acordo cedo e durmo cedo. Acordar cedo faz diferença significativa nos meus níveis de energia, produtividade e humor.

Ao acordar cedo, você não é apenas mais produtivo, mas também menos propenso a desistir de um treino.

As “Corujas Noturnas” acham mais difícil agendar um horário para fitness e cumpri-lo, de acordo com um estudo apresentado no SLEEP, a reunião anual da Associated Professional Sleep Societies LLC.

O estudo também associou o acordar tarde a ser mais sedentário, o que, por sua vez, contribui para ganhar peso.

6- Verifique se você está dormindo o suficiente

Um estudo realizado na Universidade de Chicago demonstrou que os participantes privados de um sono suficiente, escolhem lanches com o dobro de gordura do que aqueles que dormem pelo menos 8 horas.

7- Diversifique sua rotina de exercícios

Tenho levantado pesos e praticado atividades físicas regulares desde os 18 anos, mas percebi com o tempo que quanto mais variadas são as atividades físicas, menor é a tendência a deixar de praticar e se tornar letárgico .

Se você seguir a mesma rotina de exercícios sem alterações por um longo período de tempo, ela poderá se tornar ineficaz porque nosso corpo se adapta a esses movimentos específicos.

Por sua vez; sua atividade se torna chata, você se sente lento e tende a ganhar peso como resultado.

Acredito que a melhor rotina de exercícios é não ter nenhuma rotina. Uma abordagem variada ao exercício é quase sempre melhor do que ter uma rotina.

8-Mantenha informações da sua condição Física

Controle sua gordura e água corporal a traves de exames de Bio Impedância, este exame vai indicar se a sua massa corporal está saudável ou em risco.

Ao nos basear pelo IMC (Índice de Massa Corporal) que é IMC =Peso em kg/Altura², não temos a real situação do corpo, em muitas situações poderemos estar eutrófico, ou seja: dentro da normalidade pela fórmula do IMC e sermos falsos magros(as).

Controle seu GEB (Gasto Energético Basal) a traves de um exame de Calorimetria Indireta, desta maneira obterá o real valor do seu gasto energético que difere de pessoa para pessoa, podendo assim programar a sua dieta alimentar com pé no chão.

Procurando mais inspiração para perder peso? Confira nossos Programas de Spa e acompanhamento Médico Nutricional especializado.

Contate-nos para um atendimento especializado

Antonio Fischer: Nutricionista do Match Point Spa Wellness Center
Postgraduado em Alimentos Funcionais e Qualidade de Vida pela Unasp
Raw Food Chef by Graff Academy of Raw Food Nutrition USA
Vegan and Live Food Nutritionist 
High Quality Nutrition     Anti Inflammatory Diet Specialist

Spa Phone: 55 11 4584-2154